Caminhada de Estudos - Morro de São Bernardo - Ensino Médio Inovador

Clique para ver todas as atividades desenvolvidas, percurso, fotos e vídeos.

Calendário Escolar 2015

Clique para visualizar.

sexta-feira, 27 de março de 2015

Caminhada de Estudos - Morro São Bernardo - EMI

Na quinta-feira dia 26/03 os alunos do ensino médio inovador realizaram uma caminhada de estudos sentido morro do São Bernardo. 
Os alunos foram acompanhados pelos professores: Diogo Moser, Noeli Oss-Emer, Thiago Zanella, Luciane Prade Mattedi, Natalino Doose, Robson Buzello, André Azevedo, Victor, Marciane, Adrieli Samulewske e Morgana Becker.

Na primeira etapa da caminhada, o ônibus deixou os alunos na Igreja do Alto São Bernardo e os mesmos caminharam até a rampa de Vôo Livre do morro de São Bernardo, equipados de seus telefones celulares registraram a caminhada pelo aplicativo Runtastic:


Ida: 2.6km -  Duração média 54 minutos.

quinta-feira, 19 de março de 2015

Palestra - Superação no esporte

Nesta quinta-feira de manhã tivemos na Escola Giovani Trentini a presença dos palestrantes Sidinei e Flávio - Atleta Paraolímpico, os mesmos abordaram o atletismo, principalmente o salto em altura. 
Além da palestra, o Atleta fez uma demonstração prática de seus saltos.

Clique para ampliar.




Feira Integrada 2015

FEIRA INTEGRADA 2015



INFORMAÇÕES e REGULAMENTO:

quarta-feira, 18 de março de 2015

Viagem E.M.I [ RBS, FURB TV, Jornal Santa ]

Ensino Médio Inovador
No dia 17 de março, os alunos do 2o do Ensino Médio Inovador da Escola de Educação Básica Professor Giovani Trentini realizaram visitas de estudo na RBS TV, FURB TV e Jornal de Santa Catarina. O objetivo da visita foi ampliar o conhecimento na área de mídia e comunicação bem como trabalhar o tema profissões.





quinta-feira, 12 de março de 2015

28 situações que trazem saudades da escola

1 – Todos os anos você ia com seus pais comprar material escolar, pois os cadernos tinham que ter capas bonitas, e os lápis de cor não podiam ser aqueles que quebram só de ver o papel

2 – Depois de escolher os cadernos com as capas mais sensacionais, descobria que tinha que encaderná-los

sexta-feira, 6 de março de 2015

Horário Escolar 2015

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Calendário Escolar 2015


CALENDÁRIO ESCOLAR 2015

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

3 erros estúpidos que mudaram o rumo da História

Um bom professor de História consegue fazer com que salas repletas de crianças ou adolescentes fiquem em silêncio, afinal é ou não é fascinante aprender sobre questões que, de uma maneira ou de outra, acabaram moldando o mundo que conhecemos hoje?
Elementos como política, religião e cultura estão diretamente relacionados com muitos dos conteúdos que aprendemos em sala de aula – o que você talvez não saiba é que muitos eventos históricos foram moldados por pequenos erros humanos. O Cracked fez uma lista de fatos curiosos a respeito desse assunto. Confira:

1 – Sabia que o Titanic afundou porque alguém esqueceu a chave de um armário?

A história que todo mundo conhece, inclusive graças ao filme, relata o naufrágio como consequência de uma colisão contra um iceberg. Há, no entanto, outra teoria bem interessante que explica por que o navio mais famoso de todos não viu o iceberg a tempo de desviar.
Alguns pesquisadores defendem a teoria de que uma pessoa estava encarregada de procurar por possíveis icebergs, mas acabou ficando sem acesso ao binóculo do navio. O funcionário em questão se chamava Fred Fleet, que foi um dos poucos trabalhadores do navio que sobreviveram.
Foi Fleet quem viu o iceberg pela primeira vez e, quando contou detalhes do acidente, disse que se tivesse acesso a um binóculo, possivelmente veria o iceberg antes, talvez tempo o suficiente para evitar a tragédia.
Você deve estar perguntando por que é que Fleet não recebeu um binóculo, e a resposta para isso é simples: o equipamento estava trancado em um armário e ninguém tinha a chave. Antes de o navio partir, a empresa que promoveu o cruzeiro fez algumas mudanças e acabou substituindo um dos comandantes do navio. A ideia foi colocar uma pessoa mais experiente à frente do cruzeiro, para evitar acidentes com icebergs.
No final das contas, o comandante demitido de última hora não percebeu que estava com as chaves do armário em seu bolso, e o Titanic partiu em direção a seu destino trágico. A chave ficou na família do comandante substituído e só se tornou conhecida em um leilão em 2012. O armário não foi arrombado, o binóculo não foi usado e o iceberg não foi visto quando ainda dava tempo de desviar. E aí, essa teoria faz sentido para você?
Para muitos, essa versão é considerada sensata e verdadeira. Tanto é assim que, em 2012, quando o acidente completou 100 anos, algum “engraçadinho” deixou um binóculo sobre o túmulo de Fleet.

2 – O motivo por trás da queda do Muro de Berlim

A queda do Muro de Berlim, em 1989, foi um marco democrático não só para o país alemão, mas para o mundo todo. Você lembra o exato momento em que a queda do muro foi decretada? Independente de qual seja seu palpite, é provável que você não aposte que o muro foi derrubado por causa de um erro de discurso, certo?
Antes da queda, a Alemanha Oriental decidiu pegar leve com relação às restrições de viagem entre um lado do país e outro. O responsável por divulgar as boas novas foi o político Gunter Schabowski que, no dia 9 de novembro de 1989, data de queda do muro, segurava um documento que acreditava ser mais um discurso político pronto e, portanto, acabou não lendo o conteúdo.
No final das contas, o discurso era tão entediante que funcionou quase como um sonífero coletivo. Alguns jornalistas chegaram a entender a mensagem de maneira errada e acreditaram que Schabowski estava anunciando o fim permanente das restrições de viagem.
Quando foi questionado a respeito da data de início da medida, Schabowski, que não tinha lido o próprio discurso, não quis mostrar que não sabia qual era a data e respondeu: “imediatamente, imediatamente”. Foi o que bastou para que jornalistas do mundo todo divulgassem a notícia de que a Alemanha Oriental havia acabado de decretar o cancelamento do Muro de Berlim, afinal, se não havia mais restrições, para que manter o muro?
A muvuca foi tanta que as autoridades não conseguiram reverter a situação e ficaram com medo de desmentir a história e deixar uma multidão furiosa. O muro foi derrubado, a Alemanha voltou a ser uma só e Schabowski deve ter aprendido a ler seus discursos com antecedência.

3 – Pelo visto, os nazistas perderam a Normandia porque um de seus oficiais tirou uma semana de folga

Você já ouviu falar do soldado alemão Eewin Rommel? O cara era considerado um dos melhores estrategistas de guerra de todos os tempos e, por isso, foi encarregado de defender a Europa da invasão aliada, que ficou conhecida depois como a Batalha de Normandia e também como Dia D.
De fato, a invasão aconteceu, mas Rommel não estava lá. O motivo? No dia anterior, ele decidiu tirar folga e foi para casa, visitar sua esposa, pois era aniversário dela. Confiante, Rommel acreditou que seu exército não seria atacado tão cedo, sem nem fazer ideia de que muitos navios seguiam viagem em direção à França.
Soldados alemães que sobreviveram ao ataque relatavam que se Rommel estivesse presente durante a invasão, a batalha teria sido completamente diferente. Há rumores de que os soldados tentaram ligar para Hitler, que não atendeu ao chamado porque estava dormindo e ninguém tinha autorização para acordar o líder nazista.
FONTE(S) WWW.MEGACURIOSO.COM